TEUS BEIJOS




Meu prazer está aí desde sempre
em tua boca, amor
tão fora do meu alcance
os beijos
que não ganhei
mas só eu sei o quanto
                             os saboreei...



feliz por te saber
não sou capaz de entender
por que quero
                            beijar-te tanto
se pergunto do motivo 
dos meus ais
                        não tenho a pronta respost
a boca
                                se me abstrai...



ébria
       dos beijos teus
é embriaguez 
                               que não se trata
por sondar-te os vinhedos
me ponho ávida e quedo
troada em mil quebrantos
irreal, vinho de encantos
teu beijo que eu almejo
veneno que
                                    não me mata!





Maria Lucia Centelha Luminosa