Por aqui

sábado, 30 de abril de 2016

EU TE QUERO AGORA. JÁ!



Ousadia o nosso encontro
tão fora de hora
traçado pelo destino
nos cerca o desatino


entrevejo a tua boca
a minha, semelhante
sussurrante e úmida


se já me adivinhava a emoção
por que tardava tanto, ave incontida?


tua índole apaixonada
agita teu corpo
e grita por mim


é chegada a hora
de nos entregarmos
a paixão, labareda de fogo
de um vulcão..


que se dane a consequência
eu te quero já
agora!



Maria Lucia (Centelha Luminosa)