VERDADES E MENTIRAS


Há, entre nós, meu amor
silêncios e palavras
que contém paixão enorme
esse mar a minha frente
a me perceber o olhar
embarcação pequena
pra te navegar...




essência encantada
sopra avenas em meu ser
pra te sonhar
além do oceano, a outra margem
terra multiforme...




mendicância é foice
que fere e humilha
ante o gladio desse teu olhar
que me lastimas
pudesses mesmo assim
atender-me o apelo
multiplicar um beijo que sacie
o meu desejo...




calar por uma noite apenas
essa solidão mendiga
causa de minhas penas
silenciar essa casta musa
inspiradora da verdade
mas que devolve em doce mentira
o que agora em mim suspira...


Maria Lucia (Centelha Luminosa)