Por aqui

segunda-feira, 14 de março de 2016

SEM INTENÇÃO



Certeira. Fatal.
não feriu.
nem mal causou
em silêncio trespassa
ponteaguda emoção
desejo. prazer
volúpia

sem intenção...

choque sutil
onde nada movia
além de suave pulsação
e a escassa energia
não aniquilou

modificou...

o que, afinal, havia.
na flecha que um dia
alguém me atirou?



Maria Lucia (Centelha Luminosa)