Por aqui

terça-feira, 1 de março de 2016

EU QUIS OUTRA VEZ


"O amor é uma flor delicada, mas é preciso ter coragem de ir colhê-la à beira de um precipício".
- Sthendal –




Eu quis evitar lembrar
quis resistir
não pensar
não foi possível
mas eu quis
repetir, reviver
detalhadamente, pois
o irresistível apelo
daquela boca
a comprimir a minha
não me deixa esquecer
suculento fruto
de suco derramado
em profusão
ofegante
em suspenso ante
tanta paixão
eu quis outra vez
a beira do precipício
eu e ele 
no mesmo desejo
os salpicos de lubricidade
num único e abissal beijo
tanto quis
o inesquecível abismo
ao qual nesse ensejo
 eu peço bis!



Maria Lucia (Centelha Luminosa)