POEMAS PERENES


Entre nós 
não há fronteiras, espaço, tempo
ou distãncia
o que nos une é pujante
invisível ao olhar alheio...



desnudamos a palavra
e a vestimos de amor
de algum lirismo
mansuetude, paixão
e ímpeto
pra nos embriagar
do licor indene
que ela nos oferece
de um jeito que possa
perpetuar nosso encontro
em indescritível aliança...



inspiração nossa que levita
nas dobras das páginas
para o encontro inesquecível
em algum poema perene!



Maria Lucia(Centelha Luminosa)