Por aqui

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

NOSSO SEGREDO



...negas
o que sentes
coisa mínima
mas me cerca
e me deixa entrever
o que disfarças
na tua escrita coagulada...


nos teus olhos relâmpagos
reprimidos
estrela adiada
poderia revirar-te o avesso
deflagrar teu segredo...


especulam os tremores
de tuas mãos
calor disperso
em minha nudez imaginada
hábito visceral
a revisitar-me apressado
em tortura animal


bem o sabes
bem o sei não o dirá
nem na metáfora do teu verso
partilhado o mel à boca
pra contentar a mim e a ti...


aquietai o teu desejo voraz
desdiz do gosto bom
se te sentires capaz
trato feito, nosso segredo
está camuflado na pele morena
do meu peito...



Maria Lucia (Centelha Luminosa)