ENCANTA-ME A NOITE DE CHUVA


O céu na noite
me encanta tanto
que os olhos cheios d’alma
é jorro de silêncios
que até um sopro leve
faz-se canto...



encanta-me a noite
quando chove
regando a vida e o tanto
de gotas
que tamborilam na vidraça
de minh ‘alma (sedenta)



gotículas
que se liquefazem
em pirilampos enquanto
deambulam cintilâncias
para a minha mais escura noite...




Maria Lucia (Centelha Luminosa)