EU QUERIA SABER

Pintura de Steve Hanks 


Eu queria saber
nesse limiar como reflexão
por onde anda o amor
e me deparo com alguma objeção
ao nosso encontro inaugural...


Por vezes, o que parece real
não passa de simulação
busco-o, então, nas curvas
sinuosas dos sentidos
e no infinito da emoção...


Nessa inquietude
sobre a qual me debruço
penso encontrá-lo em clausura
entre a blandícia da insanidade
e a simplicidade da loucura...


Qualquer coisa que começa e termina
na gota d’água discreta e mansa
na equânime semente que germina
e no que não sei ainda...


Até a minha ignorância 
se me escapa
e torna improfícua a procura
daí, soletro no ritmo desse verso
uma reflexão, talvez, obscura...


Nada é mais complexo que o simples
é preciso ser singelo pra saber
na ânsia de conhecer
desconheço
e quando penso saber
esqueço.

Maria Lucia (Centelha Luminosa)



Comentários


  1. Olá querida,

    Talvez a busca desenfreada pelo amor seja o que nos compele a não perceber sua existência.
    Ele está na simplicidade e também na loucura, nunca nas perguntas e nas eventuais e vazias respostas.

    Muito lindo.

    Beijossssssssss.

    ResponderExcluir
  2. Adorei ler o poema repleto de amor, entendo que tudo que acontece na vida em cada pessoa é porque tem que acontecer, nada acontece sem que exista uma razão para acontecer, assim acontece com o amor.

    ag

    ResponderExcluir
  3. Olá querida amiga poetisa.
    As vezes temos que parar de procurar para encontrar. O amor nos procura também e a tantos desenganos não o reconhecemos e passamos direto, é preciso observar...
    Uma linda quarta feira.
    Beijos.
    Que bom você por aqui e o blog esta radiante.

    ResponderExcluir
  4. O amor gosta de brincar com a gente, se escondendo em todo lugar e aparecendo quando menos esperamos. Linda poesia, lindas ilustracoes e musica. Um beijo!

    ResponderExcluir
  5. Bonito demais. Emociona! Obrigado pela visita. Nada é mais complexo que o simples. Beijo

    ResponderExcluir
  6. Olá, Maria Lucia!

    Bem construído jogo de palavras, este; falando de certezas que o não são e de aparência que talvez o sejam,neste mundo em que nem tudo o que parece, o é...
    Lindo poema!

    Um abraço e boa semana.
    Vitor

    ResponderExcluir
  7. Oi , Querida Amiga

    Voltaste com uma nova centelha. Magnífica a sua poesia. Sensível, tocante de rara beleza. A leveza dos seus versos me convida a voltar a ler, reler e reler. A música também. Uma linda escolha.

    Lindos dias para você.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Não é nada fácil perceber tantas coisas... a verdade, por exemplo, é das piores.
    O teu poema é magnífico, como sempre.
    Querida amiga Maria Lúcia, tem um bom fim-de-semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  9. Nada de exageros e nada monótomo. Que haja simplicidade na loucura e blandícia na insanidade no nosso encontro. Mas que seja real e não um mero roteiro da nossa vontade. Adorei XD
    Grande Abraço

    ResponderExcluir
  10. Sim! Onde andará o amor?
    Talvez nos versos deste poema, no encanto das palavras, nos pensamentos e nos sonhos. Mas, o importante, é que exiata!
    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Olá, querida Maria Lúcia!

    Comentar seu talento, era bom se eu tivesse talento para o fazer, mas não tenho.

    OLha, menina, tu escreves com tal paixão, encanto e doação, que me perco, te lendo.
    Bem, há palavras no teu poema, que até desconhecia. Fui buscar o dicionário. É provável que sejam muito usadas no Brasil, mas em Portugal, nunca li, nem ouvi elas.

    Pois procurando o amor? Tente, continue procurando, porque ele existe e ele está, em algum lugar, esperando você.

    VOCÊ MERECE!

    Beijos da Luz, com carinho.

    Afetos e Cumplicidades - novo post. Obrigada!

    ResponderExcluir
  12. Olá!Boa noite
    Querida Maria Lucia Centelha Que quer saber!
    Muito belo...vou dar meus "pitacos"subjetivos...
    ... O amor, por melhores que sejam as intenções, requer atitude e coragem para vivê-lo, senão dissolve-se como o gelo sob o sol...
    Onde está o amor? Todos fazem essa pergunta e passam a vida toda buscando algo que parece inacessível. Parece e termina sendo mesmo impossível encontrar.Podemos dizer que toda a saga se resume na busca pelo amor e pela felicidade. Todos buscam o amor e a felicidade em todos os lugares, situações, sentimentos e pessoas. Esquecem que o amor está dentro de nós. Bem aqui. É uma ilusão quem "pensa" que basta procurar bem que em algum momento vai dar de cara com o amor.Temos que abster dessa idealização fantasiosa, que se espraia na procura do amor, que permitirá conhecê-lo... não o que nos falta, mas o que nos completa...
    Obrigado pelo carinho
    sim...melhorando e melhorando!
    Boa quinta feira
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Que esse Dia Dos Namorados
    Seja o mais Feliz da Sua Vida.
    Tomara , que esse Dia tenha reservado
    momentos de eterna felicidade.
    Não importa o Pais onde você esta ou mora
    essa Data deve ser comemorada com amor e muita Paz.
    Na postagem tem um presente é seu pode levar
    ficarei feliz em ver no seu blog.
    Um beijo terno e carinhoso.
    Um abraço pelo Dia consagrado ao amor
    e felicidade.
    Carinhosamente Sua Amiga ,, Evanir..

    ResponderExcluir
  14. Menina que coisa mais lindaaaa...com certeza inspiração não faltou.

    ResponderExcluir
  15. Olá Lu...minosa! Há quanto tempo...
    Faz tempo que não lia nada seu e agora relembrei com maior força os motivos, você escreve de modo único.
    Há um tempo, quando ainda era mais imaturo, também quis saber o que era amor, amar, hoje já nem penso muito acerca disto. Sei que tive e ainda terei muitas paixões e acredito que amor de verdade, este que traz serenidade e coisa e tal que todo mundo diz, são para poucos e ninguém garante que não seja tedioso.
    Abraço e ótima quinta-feira.

    ResponderExcluir
  16. Faltou umas palavras: agora lembrei os motivos de ter sentido tanta falta.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sua presença e comentários
são PRECIOSOS pra mim!
Obrigada!

BJossss