FRUTA MADURA



Simples assim:
não te amo, ainda
mas a vontade (de te amar)
nasce pouco a pouco
na fonte do meu ser
sem os ímpetos da pouca idade
e, cheiro de broto verde...
Porém da madureza
a substãncia e prazer
que exala essência de fruta madura
pra denunciar minha presença
enquanto te espero...


Maria Lucia (Centelha Luminosa)


Comentários

  1. Oi,Maria Lucia!
    Boa noite!!!
    bela poesia!beijos!!
    Boa semana!Soninha.

    ResponderExcluir
  2. Ola Centelha Luminosa,
    A maturidade é muito benéfica para o amor, eu sempre disse isso! Um amor que pode nascer sim, com muito pé no chão e sabedoria!

    Adorei.

    Este seu cantinho está lindo hein?
    Parabéns!


    Abraços, Flávio.
    --> Blog Telinha Crítica <--

    ResponderExcluir
  3. Olá parceira! Gostei do poema, denota maturidade.
    Ok, sou e sempre serei péssimo em comentar poemas, mas gosto de lê-los.
    Não hesite em comentar o que estiver sentindo em seu blogue. Eu acho que uma das formas de conquistar comentários seja comentando, contudo, nem sempre vejo isto de forma positiva, principalmente porque para muitos soa como uma imposição.
    Tal como você, mesmo que meu blogue tivesse 0 comentários eu continuaria escrevendo, primeiro, porque gosto de escrever, e segundo, o contador de visitas não mente, mesmo sem comentários, eu sei que alguém, mesmo que apenas um alguém, leu o que escrevi e isto é o que vale.
    Tenha uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  4. ... e essa espera na tenra ou senil idade é o que nos alimenta.
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir
  5. Oi Lu,

    Eu gosto do que você escreve, porque sabe escrever e se exprimir.
    Esta poesia poderá ter algumas interpretações diferentes, mas, maduramente, você sabe, que amar é uma atitude consciente e que é esse ato é como o a fruta. O amor se vai fazendo, nasce verde e depois vai crescendo, lentamente, amadurecendo.

    Beijos da Luz.

    ResponderExcluir
  6. Minha querida

    Um poema vestido de Outono e perfumado de Primavera...amar não tem tempo nem idade...adorei.

    Beijinho com carinho e agradeço o seu carinhoso comentário.

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  7. OI MINHA FLOR DE AMIGA
    Que Deus te conserve com esse coração cheio paz.

    O dia é seu e são pra você os meus votos de paz, vida, saúde, alegria, fé e muita força.

    Feliz Dia das Mães!!
    Ana

    ResponderExcluir
  8. Querida Lu... que poema lindo, querida... penso que a maturidade é algo para poucos. Muitas vezes, mesmo com a idade, alguns não conseguem alcançar essa "madureza"!

    Ah, sobre seu comentário lá no Umas e outras... são sempre de encher os olhos e o coração. Vc escreve com a alma. O tal tempo tá me pegando de jeito, mas estou dando um jeito de ficar de boa com ele. Tipo, ele continua sendo pouco para tantsas coisas que quero fazer, mas aí resolvi tentar organizar-me melhor(e olha que sou desorganizadíííssima com essa coisa de tempo, pois quero fazer tudo ao mesmo tempo! hahahahaah). Sei que não há receita pronta, né!? Mas, vamos chegando ao ponto que desejamos. rsrsrsrsrs

    Vim tbem lhe convidar pra visitar o blog do Paulo Cheng... ele postou uma entrevista comigo. Perguntas muito bem elaboradas e interessantes! Se desejar, passa lá! ;)
    O link da entrevista é esse aqui:
    http://www.paulocheng.com/2012/05/entrevista-com-joicy-sociere.html

    bjks

    ResponderExcluir
  9. Lu querida,


    Em primeiro lugar, quero ter agradecer pelas suas palavras de fé, força e amizade. Sou eternamente agradecida!


    Em segundo lugar, te falar que és muito especial, mesmo e que a sua Lu e a Rafinha são agraciadas por tê-la tão perto.


    Em terceiro lugar, te falar que os seu espaço me transmite o melhor sempre, me ensinando e me auxiliando nas minha inquietações. Linda a música!


    Por fim, te dizer que te amo também pela pessoas que você é, amiga e sempre com maravilhosos comentários nos blogs, sempre nos ensinando.

    Fica com Deus, minha amiga.

    Lu

    ResponderExcluir
  10. Ah, te dizer que tenha em mim uma amiga que te admira e respeita.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Maria Lúcia,
    poema maduro como aquele vinho bom!
    Essência inesgotável que fica melhor com o tempo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Boa noite, Maria Lúcia.
    Acredito que exista uma época para tudo, e para o amor verdadeiro e real não é diferente.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  13. Olá! Bom dia!
    Tudo bem? ...
    ... este sentimento tão sublime e poderoso quanto o amor - quando é amor, antes de tudo, implica em abnegação, tolerância, entendimento e aquela disposição nobre da espera do amadurecer...
    Não concebo o amor genuino sem maturidade. A maturidade é o fruto maduro do amor verdadeiro...
    Obrigado pelo carinho da visita!
    Saudades sempre
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Uma visão interessante da maturidade neste seu poema interessante. Feliz Dia das Mães, todos temos uma mãe que é santa e toda a santa é presente, divino. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  15. Olá amiga, adorei a forma como o poema retrata e anuncia a chegada de um amor que certamente chegará! Bjooooos

    ResponderExcluir
  16. Lindo processo de maturação.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  17. Querida amiga

    A fruta verde
    encanta o olhar,
    mas a madura
    alimenta a vida.


    Que sempre haja amor,
    para alimentar de sentidos
    sua vida.

    ResponderExcluir
  18. Boa Noite Amiga.
    Como disse a você amiga amo seus poemas sinto que escreve com a alma e o coração.
    Foi com alegria que conheci seu blog
    hoje a alegria é maior ainda conheço um pouco do seu coração.
    Uma linda noite beijos .
    Evanir.

    ResponderExcluir
  19. Essa fruta madura no pé, faz toda a diferença. Sabor e cheiro são únicos.
    Lindos versos.
    Beijokas doces

    ResponderExcluir
  20. Oi, Lu!

    Muito obrigado por sua visita ao meu humilde bloguezinho e as palavras elogiosas à minha parceria com a Ana Cecília Romeu. Grato! :)

    Olha, sobre os seus versos: há tempo para tudo, mas não podemos apressar a colheita - esperemos amadurecer, pois assim é que vale a pena!

    Bjs e obrigado!

    ResponderExcluir
  21. Olá querida Maria Lúcia,

    Amor é sempre amor, independente da estação, mas na maturidade ele tem
    sabor especial pela serenidade que o envolve.

    LINDO!

    Obrigada por suas carinhosas palavras. Você é um amor.

    Quero aproveitar esta oportunidade
    para deixar-lhe um beijo especial
    pelo dia das mães. Que o dia seja
    bem festivo e repleto de alegria.
    Afinal, quem é avó é mãe duas vezes.

    Beijão.

    ResponderExcluir
  22. Bom momento de poesia.
    Em poucos versos muito sentimentos.
    Quase senti o odor da fruta madura.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sua presença e comentários
são PRECIOSOS pra mim!
Obrigada!

BJossss