VESTIR-SE DE OUTONO ( Homenagem à Maturidade)



Repara que o outono é mais estação da alma do que da natureza.(Nietzsche)




As folhas caem!...É Outono!
pela janela eu vejo o campo em languidez
pujança de cheiros e cores quentes
deliciosa sensualidade da nudez
de frutos sem dono...



folhas secas ensinam com a sua morte
a amarelar segredos adormecidos
na Primavera à flor da idade
e, dos mergulhos em chuva de Verão
pra despertar novamente
nas correntezas do amor e da paixão...



hoje, o Outono dança em corpos de orvalho
comemorando nas frestas abertas
a capacidade que tem a maturidade de se vestir
da plenitude dos sentimentos libertos
quando se pode colher ainda desejos maduros
de sabores por descobrir...




Maria Lucia (Centelha Luminosa)

Comentários

  1. Olá!Boa noite!Amiga!
    Que belo, hein?
    Um esplendor...gostei demais! Logo, iremos fazer aquela Integração de posts!
    Sabe que... sempre achei que Outono,era a Estação da alma...como Nietzsche! Meu favorito!
    Obrigado pelo carinho de sempre!
    Boa quinta! Muita paz e luz!
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Lu,
    O outono ficou mais bonito com os seus versos. Lindos!
    Obrigada pela visita e comentário.
    Beijokas doces

    ResponderExcluir
  3. Amei seu blog, esse poema é lindo, amo o outono, época de renovação, parabéns pelo excelente conteúdo, moramos pertinho hem, moro em Araraquara, obrigada pelo incentivo no meu novo blog, Deus abençoe.

    ResponderExcluir
  4. Mária Lúcia!
    Que lindo poema!
    Fiquei com os olhos marejados... até porque amo o outono, é a estação em que nasci, estação da renovação, do recolher da seiva, o murchar das folhas para preparar-se para o frio.
    Lindo!
    Beijos e obrigada pela visita simpática!

    ResponderExcluir
  5. Lu,

    Lindo poema! Li e reli e observei que embora tem nascido no final do verão, sinto-me como outono. Penso que essa estação permite que se limpe a alma, renove as folhas que já não nos servem.

    Beijos e sou fã dos seus escritos.

    Lu

    ResponderExcluir
  6. Maravilhoso amiga, a natureza nos ensina que renovação é preciso, devíamos aproveitar a época do ano e dar uma sacudida em nossa vida e deixar cair as folhas mortas que nos impede de crescer.Uma maravilhosa sexta feira com muito amor. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Poema bem sincronizado, muito bonito esse poema búcolico! beijos carinhosos

    ResponderExcluir
  8. Olá obrigada pela visita e comentário, seu blog e encantador..
    beijos em seu coração já estou te seguindo no blog tá? beijos

    ResponderExcluir
  9. OI MARIA LUCIA!
    GRATA PELA VISITA.
    O OUTONO FUNCIONA COMO UM BÁLSAMO
    SAÍMOS DO ENSOLARADO E QUENTE VERÃO,
    PARA A NOSTALGIA, DE UMA ESTAÇÃO QUE
    NOS DEIXA MAIS SENSÍVEIS, MAIS CALMOS, NUMA SINTONIA MAIOR COM AS COISAS DA NATUREZA E DOS SERES HUMANOS.
    ABRÇS
    Zilanicelia.blogspot.com
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  10. Minha querida

    Passando para agradecer a visita e ler este belo poema.
    estou seguindo para voltar com mais tempo, porque adorei.


    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  11. Olá Lu!

    Obrigado por sua visita em meu blog!

    Também estou seguindo este incrível blog, parabéns viu!

    Um grande abraço.

    Anselmo

    ResponderExcluir
  12. Olá,Maria Lucia!

    Que lindo seu poetar!Cheio de amor!
    Gosto do outono e da primavera.
    Obrigada pela visita!Seja sempre Bem-Vinda!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Maria Lúcia, Querida

    Outono versus Primavera, são a simetrias da Natureza.
    Digo assim porque deste lado do Mar e do Globo, é início da Primavera.
    O teu Poema canta o Outono com o mesmo vigor da Primavera.
    Simétricos, porque a um (Outono) é dado o colorido forte da Natureza e a outro (Primavera) o brotar dos verdes suaves e o perfume das flores.

    O teu Poema é marcante e lindo.

    Beijos

    SOL
    http://acordarsonhando.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  15. Adorei a frase inicial e concordo plenamente. Veio de encontro com as palavras de sua poesia. Eu gosto muito do outono. Para mim, a estação mais bonita do ano.


    Muito obrigada pela visita e comentário lá no blog, viu? Adorei sua participação. Como falei no grupo Blogosfera no facebook, o que mais gosto nessa "brincadeira" de blogar, é ler a variedade de pensamentos, apresentadas nos comentários dos que me visitam. Cada dia fico mais encantada. Aprendo sempre!

    bjks JoicySorciere => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  16. Maria Lúcia bom dia de domingo abençoado a você.
    Me perdoa a ausência, mas adoro vir aqui, prometo não mais me ausentar...beijinhos no coração e feliz vida!

    ResponderExcluir
  17. OI amiga!!
    Que lindo poema sobre o outono , amei a sua criatividade , a imagem desnuda casou bem com a imagem das árvores que perdem suas folhas para depois se revestirem novamente do que é novo , do belo.
    Muito obrigada pela visita e comentário em minha página , eu amei seu comentário , disse muito do que é realidade sobre a morte. Sabe andei meio triste esses dias quando minha amiga colega de trabalho foi chamada por DEUS para sua morada . Não havia voltado aqui , hoje volto para lhe agradecer pelo carinho .
    Tenha um domingo de paz e luz .
    Um beijo carinhoso em seu coração iluminado.
    Mari

    ResponderExcluir
  18. Esses desejos maduros de sabores por descobrir explodem justamente no Outono, que é a outra face da Primavera. Meu beijo.

    ResponderExcluir
  19. Vocês cantam o outono e nós a primavera... o estar em himisférios opostos tem destas coisas...
    O poema é magnífico.
    Gostei muito, cvmo sempre.
    Querida amiga, tem um bom resto de domingo e uma boa semana.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  20. Oi Maria Lucia, me deu saudade e passei por aqui! Confesso que esse seu poema me encantou!
    Um beijão pra você querida!

    ResponderExcluir
  21. Lindo poema, amiga.
    Um belo outono para você.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  22. Que belo Blog...essa música é maravilhosa sinto uma paz incrível!
    Belo poema...beijos com carinho e ternura da amiga, Araan.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sua presença e comentários
são PRECIOSOS pra mim!
Obrigada!

BJossss