SENTIMENTO VIRTUAL

(Imagem do Google)

Esse poema eu dedico ao meu amigo Nato
lá do orkut, com muito carinho real! 
Beijos pra você, Natooooo......rss


Nunca houve uma só pronuncia
apenas ecos da magia
na constelação de nossas bocas

O perfume das tuas palavras inarticuladas
torna-se a cada dia carícia
na minha epiderme exposta
ao teu olhar...

Ainda que os meus olhos
não te possam ver
o virtual me dá de ti
a correnteza do teu rio de afetos
a deslizar serenamente
nos meandros do meu ser...

Ainda que de real somente
eu toque a minha imaginação
assim mesmo, entrevejo
a vibrância do teu sentimento
a escorrer de leve decifrando
o mistério do meu olhar...

Sentimento virtual é assim:
Existe!...É um mergulhar
nas ondas eletromagnéticas do real
entre miríades de beijos e abraços
feitos dos silêncios cheios de palavras
que ainda não foram digitadas...


Centelha Luminosa (Maria Lucia))