MEU AVESSO



Eu escrevo
sob a luz do alento
que ilumina a minha mão
pra aviar versos
e extrair do meu avesso
a síntese de meu universo...

É com a luz da Lua
que eu faço a minha fotossíntese
destravo a porta da imaginação
deixo a minha alma nua
e, alforrio a mim mesma!


Centelha Luminosa (Maria Lucia)