Por aqui

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

É ASSIM QUE TEM QUE SER





Não dá pra conter o calor
que me toca a pele
irrompe pelos meus poros e veias
até na tua ausência...
te amar se me faz urgência.



Quando vens
faz-se alvorecer em mim
o luzir dos olhos teus
posto nos meus
ilumina o meu ser
e determina o meu querer



O teu sentir tão natural
atrelou-se ao meu
reflexos de céu e mar e, daí 
nossa necessidade de amar
não tem como evitar, é visceral...



E, antes do nosso prazer
meu corpo no teu se alinha
e se a tua mão exige a minha
é porque é assim que tem que ser!


Maria Lucia (Centelha Luminosa)