terça-feira, 20 de junho de 2017

CELEBRATÓRIO GOZO




Não se desaprende os segredos do impulso
que faz um corpo estremecer, rodopiar 
e se entranhar no outro...


...de liberar a seiva da emoção
para as mãos, cruzando os dedos
em cumplicidades...


o sentido oculto das coisas está 
em dispensar as horas de suas pressas
para o naufrágio certo em altas ondas...


não se desaprende o marulhar do sangue 
ao toque saboroso – sinestesia certa
para a vazão de celebratório gozo... 


Maria Lucia (Centelha Luminosa)