MÍSTICA




MÍSTICA

Igual ave sem rumo vagueia
plaina, mística indizível 
viaja pela imensidão 
entra em comunhão
com as estrelas 
mistério da noite
segredo, magia

Surpreende-se
descobridora do infinito
no espaço estelar ao ouvir
a regência do Amor
orquestrando a Vida
na mais eloqüênte sintonia
da canção universal...


Aquela que faz a junção
de todos os seres
que faz brotar a gota na fonte
que equilibra o pólen 
nas asas do vento
que vitaliza 
o explodir da semente
ansiosa de floração.


Suaviza o sentimento
plena de harmonia e, volta
pra contar sua aventura
declamando aos Céus uma oração:
“Glória a Deus nas alturas...”

Maria Lucia (Centelha Luminosa)







Comentários

  1. Olá, Maria Lucia!

    Grande verdade: Que é o amor que dá sentido à vida e a faz funcionar; quer seja cá por baixo pela Terra, ou lá por cima no espaço planetário...

    Bonito poema; imaginação à solta!

    Um abraço, e bom resto de fim de semana.
    Vitor

    ResponderExcluir
  2. Lulu, lindona!
    retorno com toda a calma do mundo (assim espero :)), para sentir teu poema e falar quaisquer palavras.

    Grande beijo e ótima semana!

    PS.: No meu blog roll o teu blog não está atualizado... não sei o que houve, percebi porque você colocou no facebook.

    ResponderExcluir
  3. Olá, Maria Lucia.
    Linda poesia;o amor faz com que nossa alma busque novos céus e nos leva aonde jamais poderíamos imaginar ir sem ele.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Oi, querida Lu!

    Tudo bem com você?

    Agora já estabilizada no seu novo lar, só está faltando uma companhia agradável, né?

    O príncipe virá montado num cavalo branco, à meia noite, para a levar, dando-lhe o beijo da vida.

    Que poema! Não é um poema de amor, mas você é versátil, q.b.

    Aliás, não há tema, que receie ou não domine, na escrita ou na oralidade. Então, o teatro não é disso a prova?

    Que misticismo tudo isso, e termina de uma fora soberba, que me exaltou o coração.

    Boa semana.

    Beijos afetuosos da Luz.

    PS: novo post no Luzes e Luares. O outro, você já comentou, querida. Obrigada!

    ResponderExcluir
  5. Oi Lu
    Que poesia linda e um encanto, assim como vc, minha querida amiga.
    Estava com saudades de vir aqui, e agora vi que vc estava postando, mas não estava atualizando no meu blog, por isso pensei que vc ainda estava ausente do blog, vi no face que vc atualizou.
    Bjão.

    ResponderExcluir
  6. Lulu, lindona!
    Retornei.

    Lindo poema!
    Tive uma sensação de divino aliada a tudo o que mais é essencial quando entramos numa espécie de 'nirvana' da alma, por causa de um sentimento maior, talvez o amor, talvez um ideal, enfim, um sentido de existência. E quantas e quantas vezes podemos ser mulheres-plenas, mulheres-inteiras e nos sentirmos abençoadas?
    É o divino em nossas mãos e alma!

    Beijos muitos e ótimos dias!

    ResponderExcluir
  7. Maravilhooooosooooooo, Maria Lucia.

    Já li e reli de tanto encanto na mística deste poema.

    "Glória a Deus nas Alturas" por ter te presenteado com tão lindo dom de versar.

    Muitas centelhas luminosas para você
    Bom final de semana
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Amada mãe,

    Tudo bem? Não esqueci o seus carinho e amor e te peço desculpas por passar por aqui só hoje.


    Um texto lindo e que me emocionei porque ando cética e racional. Diria que a competitividade da vida tem me deixado distante desse sentimento que exercita a paciência e aniquila a dúvida.

    Estou orgulhosa pela as suas postagens no facebook e receba a minha solidariedade e admiração.

    Beijos amada!

    ResponderExcluir
  9. Olá,querida
    A mística é fruto do amor... vitaliza e revitaliza...
    Interessante a sua maneira de descrevê-la tão poeticamente!!!
    Sua oração será ouvida...
    Seja abençoada e feliz!!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  10. Olá, Lú.

    Belo versar. O amor compõe nossa essência imaterial, a poesia metafísica que nos faz viajar além do tempo, para além daqui. Transcendente morada dos sonhos, onde oníricas asas nos fazem mais humanos, menos artificiais.

    Um abração.

    ResponderExcluir
  11. Oii amiga, está tudo diferente por aqui, adorei as mudanças, e o poema nem falo, belo como sempre! Bjinhosss

    ResponderExcluir
  12. Minha querida

    Hoje passando para dizer que estou voltando (ainda devagar), mas com muita saudade e agradecendo as palavras de carinho deixadas durante a minha ausência.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  13. Olá!Boa noite
    Querida Maria Lúcia Centelha Mística
    Distante, etéreo, incompreensível, inatingível, inefável... esse é o amor que nos faz com busquemos novos céus e nos leva onde jamais poderíamos imaginar. O sentimento adormecido, que tanto desejamos e tememos. Aquele que está para além da nossa razão e controle, e que buscamos todos os dias em cada rosto, em cada olhar, e em todos os lugares e instantes de nossa vida. Um dos mistérios primeiros e essenciais da vida. Um dos que nos move. Mesmo assim, prefiro seguir feliz acreditando no mistério, no imponderável, naquilo que transcende nossa limitada compreensão. Nessa busca vã, mítica.Acho...
    Obrigado pelo carinho
    Belo domingo
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi, Lu!

    Tanto tempo, menina!

    Algum problema?

    Por motivos profissionais, parei as postagens em meus dois blogs, tal como os comentários, mas estou preocupada com você.

    Deixei um comentário num texto da Luciana Santa Rita, sua "filha", dizendo "mal" de você. Pronto, é o que eu "sinto".

    Te aguardo, MULHER DE FORÇA VULCÂNICA.

    Boa semana.

    Beijos da Luz, com muito carinho e apreço.

    ResponderExcluir
  15. Oi, Lu
    Belo poema!
    Beijos de Luz!
    http://blogaraan.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Super adorei o teu poema querida Maria,desejo tudo de bom para ti. Mil beijinhos,fica com deus!! http://mafaldinhaarte.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  17. Lulu lindona!
    Vim te agradecer pelo carinho do comentário, pela atenção que você sempre dispensa ao meu trabalho, espero merecer isso :)

    Grande beijo de luz para ti e tua família!

    ResponderExcluir
  18. Venho matar saudades e deixar um beijo!
    Sinto, muito, a sua falta!

    ResponderExcluir
  19. Oi Lucia
    Querida centelha luminosa
    Vim aqui novamente me deliciar com este lindo poema que um dia quero roubar.

    Uma linda semana para você.
    Muita luz. Bjs.

    ResponderExcluir
  20. Oi, Lu, querida!

    Tudo bem?

    Lu, mulher de sete ofícios, como vulgarmente, dizemos. Você se sai bem, em tudo que faz.

    Olha, querida estou passando pra te desejar uma boa semana, cheia de ritmo, trabalho, animação e partilha de saberes.

    Obrigada peãs tuas palavras lá no meu blog.
    Te aprecio, de verdade.

    Beijos carinhosos.

    ResponderExcluir
  21. Oi, Lu! Adoro esses jogos de palavras e a sensação de suavidade que elas nos trazem. Voar, voar...leveza. Quem não deseja? E quando o coração está leve, um cântico espontâneo louvando o Senhor da Criação surge, sem esforço.
    Amei seu texto!

    Ah, lembrei de uma coisa.. há tempos atrás, você pediu que eu avisasse quando começasse uma série virtual, para que você pudesse ler desde o início. Não comecei uma série nova, mas criei um blog em separado apenas para colocar os capítulos de "Várias Facetas, Várias Vidas", em ordem (tem uma página no blog para acessar cada capítulo). E quando acabar, pretendo iniciar outra história. O blog é apenas para isso, séries virtuais que talvez virem livros mais tarde. O blog chama-se Devaneios em Série.
    Então, se quiseres conferir, é só acessar www.virtuaserial.blogspot.com.br.

    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  22. Olá, Lú.

    Um feliz dia do amigo! Que as sinceras amizades se somem e multipliquem, frutificando em mutua alegria, realização, esperança e todo o bem que as verdadeiras amizades podem e conseguem produzir.

    Um abração e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  23. Olá, Lu
    Feliz dia do amigo!
    Belo poema
    Bjsssssssssssss
    Araan.

    ResponderExcluir
  24. Um momento especial de renovação para sua alma e seu espírito,
    porque Deus, na sua infinita sabedoria, deu à natureza,
    a capacidade de desabrochar a cada nova estação e a nós
    capacidade de recomeçar.
    Desejo a você, um final de semana cheio de amor e de alegrias.
    Afinal Deus nos a oportunidade de fazer novas amizades,
    ajudar mais pessoas,
    aprender e ensinar novas lições,
    vivenciar outras dores e suportar velhos problemas.
    Sorrir por novos motivos e chorar outros,
    porque amar o próximo é dar mais amparo,
    orar e agradecer .
    Fazer novas amizades é amadurecer um pouco mais
    e olhar a vida como uma dádiva de Deus.
    É ser grato, reconhecido,
    forte, é ter fé acima de tudo.
    Que o Senhor abençoe a você,
    no doce lar Lugar onde vive!
    Que você possa ver sua
    família crescer e progredir,
    e tenhas uma vida longa,
    com saúde , paz e eterna felicidade.
    Um Feliz Dia Do Amigo : Estou atrasada , mais Nunca esqueceria essa data.
    Tem um mimo
    na postagem fique a vontade para pegar.
    Um abençoado final de semana.
    Deus abençoe VOCÊ!
    Beijos da amiga sempre ,Evanir.

    ResponderExcluir
  25. A vida sem aventura não tem muito sentido... os sentimentos se intensificam com isso. Linda poesia. Parabéns! beijinhos

    ResponderExcluir
  26. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  27. Olá, Lú
    Feliz fim de semana
    Meu novo Blog é esse:
    http://blogaraan.blogspot.com.br
    Espero a sua visita com carinho, bjs.

    ResponderExcluir
  28. Oi, Lu, querida!

    Tudo meu com você e família?

    Continua muito ocupada nas suas lides teatrais, nas suas encenações, porque você faz tudo perfeito e com muito empenho.

    São dons que não se compram. Nascem com cada um de nós.

    Passando para saber de você, lhe desejar tudo de bom e se pretender passe lá no "Afetos", mas só se tiver tempo. Não vim aqui, para ter mais um comentário. O que aqui me trouxe foi a saudade de você e da sua poesia, que é SOBERBA.

    Excelente e profícua semana.

    Beijos carinhosos da Luz.

    ResponderExcluir
  29. OI LUCINHA
    AMADA AMIGA
    PARABÉNS VC ESCREVE SUPER BEM. A VIDA SEM ALEGRIA NÃO TEM A NOMER GRAÇA. SAUDADE DE VCX. UM BEIJINHO.
    ANA

    ResponderExcluir
  30. Simplesmente maravilhoso e espiritual.
    Reflexão intensa.
    Parabéns querida Maria Lucia.
    Suas postagens não tem aparecido na minha relação, por que?
    Um abraço e fica com Deus...voltarei.

    ResponderExcluir
  31. Oi Lu
    Tudo bem com você? Passei para reler este lindo poema
    Posso numa outra oportunidade postar no meu blogue com os devidos créditos?

    Dias luminosos para você.
    bjs.

    ResponderExcluir
  32. Lindo poetar e grande e absoluta verdade...como sempre estou amando ler você querida amiga,bjs no coração.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sua presença e comentários
são PRECIOSOS pra mim!
Obrigada!

BJossss