domingo, 17 de fevereiro de 2013

FOME DE AMOR


Pela vidraça
eu olho a chuva
cada pingo na rua
uma lágrima minha
eu na cama, sozinha
desejando ser sua...

        Gotas finas
meu olhar cintila

Sinais de alerta
cheiro e sabor
nesse corpo que desperta
com fome de amor...

Maria Lucia (Centelha Luminosa)