quinta-feira, 6 de setembro de 2012

MULHER OURO




Logo de manhã, ao acessar a internet, eis a imagem que surgiu diante dos meus olhos, recém abertos, após uma boa noite de sono, apesar de algumas dores no meu pé direito, resultante de uma torção...Oh!...Mas o assunto não é a dor do meu pé, me desculpem o lapso...Quero falar sobre  os braços abertos de Teresinha Guilhermina , para a vida, para o mundo, dessa venda colorida aos olhos, e do sorriso lindo, aberto e triunfante!!




Quem é ela ?

Atletaparaolímpica velocista brasileira, Terezinha Guilhermina nasceu em uma família humilde, em Betim, MG., a 03 de Outubro de 1978, com mais doze irmãos, sendo que cinco deles, também portadores de deficiência visual.

Terezinha possui uma deficiência congênita, a retinose pigmentar, que com o tempo a fez perder a pouca visão que possuía ( cegueira total)

Entendendo os critérios de classificação:




A letra "F" (de field, em inglês) é utilizada para provas de campo, como arremesso, lançamentos e saltos.
A letra "T" ( de track, em inglês) é utilizada para corridas de velocidade e fundo. Quanto menor a numeração, maior o grau de deficiência.
Terezinha Guilhermina na T11nos 
100m ( Foto: Fernando Maia
Fotocom.net)
11a 13: deficientes visuais- 
20: deficientes mentais-
31 a 38 : paralisados cerebrais (31a 34 para cadeirantes)
40: anões -
41 a 46: amputados e outros
51 a 58 : competem em cadeiras ( sequelas de poliomielites, lesão medular  amputação)

Fonte: http://globoesporte.globo.com/

Por que escrevo este texto, trazendo informações iguais e até buscada nos sites esportivos ?

É porque nada em termos de notícias pelos meios de comunicação, me emocionou tanto quanto a história de Terezinha Guilhermina, sua luta, sua força e coragem,  e atitudes surpreendentes nessa competição.

Competindo na Paralimpíadas , essa mulher encantou-me de diversas maneiras; além do 
exemplo de superação, por si só, de lançar-se na vida, confiante, lutadora e entusiasmada, Terezinha Guilhermina, num gesto solidário, de uma significação acima e maior que o meu entendimento e compreensão, abre mão da disputa  pelo Pódio nas 400m, na terça última , dia 04 de Setembro, quando o seu atleta-guia Guilherme Santana, cai na pista. Essa guerreira viveu um momento de drama em sua carreira no atletismo.  - "Resolvi cair com ele" - explicou a atleta mineira, com o tempo de 1 m39s73, completado após esse seu gesto inesquecível, e emocionante.
"- A gente forma uma dupla. Eu não tinha noção de onde estava na prova. Quando vi que o Guilherme soltou a cordinha e caiu, resolvi cair junto com ele. Eu o perdôo, com certeza. Agora é pensar na minha próxima prova - dissera ela , que voltaria com seu guia  à pista do Estádio Olímpico na quarta feira ( 05 de Setembro) para a conquista do ouro nos 100m T11, ao se classificar com o melhor tempo nas eliminatórias.


Muito mais do que uma conquista pelo ouro, eu vislumbrei nessa mulher  luminosa, a força, a garra, a luta, o esforço, a solidariedade, o entusiasmo, a ética. Uma beleza singular própria dos que não se deixam  abater pelo desânimo,  cair pela fragilidade de caráter ou física, pelo desamor pela vida, pelo desistir ante as dificuldades que a vida apresenta, mas a  dos que caem junto, ombreando com o outro, para depois se erguerem juntos em busca do ideal almejado!

Mais do que a velocidade nos pés, para mostrarem ao mundo a força e a capacidade de que são capazes, é o uso da VONTADE dinamizada, para buscar a vitória sobre si mesmos, sobre as limitações!

Os braços generosamente abertos de Terezinha, se me representa o abraço radiante à Vida , nos falando que somos muitos maiores que as nossas dificuldades.

Os olhos, vedados, nos fala da clarividência luminosa que possui a lídima Confiança em si , e na força da Vida!

O sorriso encantador, brilha mais que o ouro  que trouxe para o Brasil,  diz muito da Alegria genuína da volta por cima, da sensação única que é a de vencer a si mesmo.


A Solidariedade ao atleta-guia, Guilherme Santana, parceiro de ouro, tão luminoso quanto a luminosidade dos anjos que todos devemos ter ao lado, por certo...



Como conseqüência da interpretação  que eu fiz da imagem dessa "Mulher Ouro", busco compreender o sentido desse exemplo de confiança e superação, e que acaba me trazendo o que tanto tem faltado nos seres humanos, como virtude fundamental - a Esperança!- Fundamentada em princípios tais como a solidariedade, persistência e amor.




Quem me lê agora o expressar da minha emoção pela imagem inesquecível  de Terezinha Guilhermina,  poderá fazer uma leitura semelhante ou diferente da minha, e então, eu peço por favor, que ao comentar, pudesse falar sobre o que a foto de Teresinha lhe diz ao intelecto ou ao sentimento. Adoraria que compartilhasse comigo suas impressões, e depois, as postarei no Sementes Preciosas, quando me for possível.

Muito obrigado.

Maria Lucia ( Centelha Luminosa)