PENSAR E AMAR


Às vezes eu fico pensando
na minha e na sua idade
quanto desperdício é esse pensar
em plena maturidade...

Tão jovem e me levar a pensar
como seria amar nessa idade
enquanto penso, você não pensa
deseja apenas me amar...

Eu poderia passar
à margem dessa idade
sem muito pensar
viver e me entregar ao amor
sem esse medo de amar

O tempo passa...
e passa também o meu pensar
só não passa esse desejo
também de te amar!

Maria Lucia (Centelha Luminosa)




Comentários

  1. Olá!Bom dia!
    Maria Lucia Centelha, tudo bem?
    Lindos versos!
    Amiga...não pense muito... será que o fato de nós envelhecermos significa que estamos a perder o direito de ama? Será que tudo não passa de uma paranoia, onde nós não conseguimos ver com outros olhos, dando mais importância aos numeros do que aos sentimentos?
    ...pensa muito não...o tempo passa..e o ano que vem é mais um ano para nós e um ano para seu amor também!Tempo perdido!
    Boa quinta feira!
    Beijos
    Vou...mas vou...mimi....

    ResponderExcluir
  2. Centelha Luminosa, Médium Evidente... Existiria será uma idade para amar?
    Eu não tenho a resposta, nunca amei. Tive paixões, gosto de me sentir apaixonado, ficamos nos sentindo mais vivos, mas amar... Sei lá, as pessoas descrevem que é o oposto da paixão, que é algo sereno, a mim parece tedioso. Sendo assim, quero envelhecer me apaixonando e sem amar. rs.
    Boa quinta!

    ResponderExcluir
  3. Que lindo! Acho que o amor é algo tão sublime que quando falamos nele não há idade , nem nenhum preceito acerca. Tudo vale no amor!

    Beijão, Sabrina. (www.spiderwebs.com.br) ♥

    ResponderExcluir
  4. Esse desejo faz bem!!Linda poesia!!beijos,chica

    ResponderExcluir
  5. O amor realmente não tem idade... ele apenas invade...
    Um beijo, querida. Lindo poema.
    Theka
    http://comigomesmasim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. grande texto emotivo maria lúcia!!!

    ResponderExcluir
  7. Olá,amada!!
    Amar faz bem em toda idade!!!
    Lindo poema!!Ame!!!
    beijos no core.
    Soninha.

    ResponderExcluir
  8. belos versos, grande inspiração. O tempo, o amor e a vida. A equação do existir e que cada um precisa resolver e viver.

    Um abração.

    ResponderExcluir
  9. Oii minha amiga querida, o amor é maravilhoso em qualquer tempo e idade, com ele sempre rejuvenescemos seja em que tempo for! Desejo a vc uma vida repleta de intensos momentos de amor! Bjoooossss

    ResponderExcluir
  10. Olá, Maria Lúcia.
    Realmente, não há idade para amar, já que o amor é o tempero da vida.
    Lembrei de um trecho de uma música do Engenheiros do Haway que diz que a medida de amar é amar sem medida.
    Abraço, Maria Lúcia.

    ResponderExcluir
  11. Querida LUminosa, certa vez ouvi uma piadinha que dizia que quem ama não pensa muito. rrsrsrsrsrs... mas, não é que tem um fundinho de sentido! Afinal, quando pensamos demais acabamos encontrando achando motivos para dizer que algumas coisas são impossíveis. Não é à toa que os amantes usam mais o coração do que a razão. :)

    Estava com saudades de vir aqui, minha linda!!

    bjks JoicySorciere => CLIQUE => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  12. Querida Lu,

    Tudo bem? Lindo texto! A nossa capacidade de amor independe de idade, mas penso que quando os anos avançam, podemos ficar mais resistentes a entrega por medo da dor da perda ou abandono. Mas, com certeza, quando a paixão vem, somos passíveis de ignorar certos sinais e se entregar, visto que o ser humano aguça pelo amor.

    Quero te agradecer pela amizade, comentário edificante e te falar que estás linda nova fota. A música também está bárbara.

    Beijos na amiga, mãe e avô mais linda e cheia de charme da blogosfera.

    Lu

    ResponderExcluir
  13. Lulu, lindona!
    Fiquei pensando no teu poema, bem reflexivo para mim, pois acho que amor não tem idade, ou melhor, ele tem uma maturação certa, que vai dos 0 aos 15 anos. Costumo a dizer que o amor é aquilo que sentimos quando tempos 15 anos (num sentido figurado, claro), mas é o sentimento que nos deixa adolescentes.

    Beijos, querida amiga!
    De poemas e comentários especiais!

    ResponderExcluir
  14. Oi, Lu, tudo bem?
    Como seu poema mesmo diz, o tempo passa. Então não vale a pena perder tempo pensando. O melhor é se entregar ao amor,independente de qualquer coisa, muito menos idade.
    Pensar em excesso, não combina com amar.

    Lindo poema. Tenha uma ótima sexta. Beijo.

    ResponderExcluir
  15. Olá querida Malu!

    Ótima reflexão acerca do amor. É interessante como mesclou o sentimento de paixão com o tempo. Parabéns!

    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  16. Lindo! E não passa a vontade de aqui voar nas asas de teus versos, embalados ao sabor do tempo e do amor.... Dia 07 de agosto é aniversário de um (01)ano do Blog! Espero você! Obrigada pelo carinho e pelos comentários sempre tão gentis!
    Um abençoado e feliz final de semana!
    Abraço carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. É! Tens razão! Quando se quer amar, não é conveniante e nem aconselhável pensar demais...
    Um beijão Maria Lucia.

    ResponderExcluir
  18. Olá Maria Lucia! Centelha Luminosa que corta os céus do encantado mundo dos blogs, colhendo nos dicionários palavras simples e as transformando em estrelas de emoções e que encanta e faz suspirar seus leitores.O tempo passa, o amor passa, o pensamento passa mas volta no momento que for desejado e o objeto do desejo habita o nosso coração. Mergulhei no seu poema aqui apresentado e a cada dia mais me tatuo nesta página literária de qualidade. Desejo um final de semana lindo como a mais linda poesia e feliz como um sorriso de criança. Saudações Poéticas - Mario Neves.

    ResponderExcluir
  19. Depois dos comentários já efectuados, apenas me resta apreciar um poema belíssimo!
    Bjo

    ResponderExcluir
  20. Oi Maria Lucia

    Bom dia

    Amar não conhece o tempo e nem idade.
    vive-se e entrega-se de corpo e alma.
    Você questionou tão lindamente neste poema.

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Oi amiga querida, olha eu novamente aqui, depois de um sustinho basico, imaginei começando o blog novamente. Com o amor também penso ser assim, amo intensamente sem medo de amar, claro que já tive minhas cotas de decepção, porem não desisto, a vida tem suas escolhas e eu escolhi amar, amar minha filhas, amigos e meu querido marido.Com medo não se vive, só se vegeta.
    Ame intensamente e não importa a idade, amar faz bem para a saúde, para a pele e o mais importante " ao espirito" ...
    Beijinhos poetisa linda.

    ResponderExcluir
  22. Minha querida

    E há idade para se amar? Acho que não, quando se sente não se deve dar atenção à razão, mas apenas ao coração e eu acho que ele (coração9 quer, vá em frente que o tempo é curto...um instante apenas.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  23. Olá...Poetisa querida! Me emocionei
    com seu poema. O amor é o sentimento mais desejado...mais almejado..não importa quando..
    Ao ler seus versos sinto que realmente plantas SEMENTES PRECIOSAS
    em meu coração.
    Obrigada..parabens...
    vera portella

    ResponderExcluir
  24. Olá minha Queridissima Lú, adorei esse poema Pensar e Amar, porém não pense na idade para amar e ame como se fosse a primeira vez !

    Beijões com muito Amor e Carinho.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sua presença e comentários
são PRECIOSOS pra mim!
Obrigada!

BJossss