terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Vinho Tinto na Boca



Falei-te da fragrância do vinho tinto
e,do prazer que eu sinto
pela intensa cor rubra descendo filante
na minha sede de amar

Deste-me, pra atender aos meus apelos
os teus lábios gotejantes de beijos
umedecidos do teu melhor néctar!

Deixei-te avinhar a minha boca
pelos muitos beijos que me foram dados
arrastando de minha língua infinitos segredos
em goles derramados

Depois veio um sono despido de tempo
 e espaço em teu abraço
olvidei as significâncias da razão
pra te ter agora debruçado a ressonar
sobre o meu peito
embriagado de emoção!

Centelha Luminosa (Maria Lucia)